Rua:Sibipiruna Qd.03 Lt.11 Sol Nascente Araguapaz GO

(62)98497-2173

História
Fraternidade Espiritualista Universal Mãe-Iant

Sejam bem vindos

Nos idos de 1500, surge pela primeira vez no plano físico, um segmento de Mãe-Iant, (plano ou dimensão espiritual), que abrange todo planeta, nascia em pleno sertão, ao pé da serra da liberdade, o rancho de orações. Seu fundador, João de Ruanda, mais tarde chamado carinhosamente por aqueles que o acompanhavam de pai João de Ruanda.

O rancho de orações, tinha como principio a verdade, e como objetivos, em primeiro plano, esclarecer o homem sobre sua realidade espiritual, sua origem, sua formação e condução na senda evolutiva, caminho árduo e cheio de armadilhas, para aqueles que desconhecem o rumo a seguir, é ainda, por acréscimo e misericórdia do divino mestre, buscava amenizar é curar as chagas e feridas do corpo físico. Através dos espíritos, pela prece, pelo passe e também pelos remédios elaborados a partir de produtos da própria natureza.

Pai João de Ruanda, como já era conhecido, realizava ali sua missão. As dificuldades do meio e principalmente a ignorância do escravocrata, produto da época, tornaram difícil e muitas vezes tentavam impedir sua missão. Pai João de Ruanda, nunca se deixou intimidar e só se afastou do rancho de orações, com seu desencarne, que se deu aos 136 anos de idade.

No entanto não abandonou sua missão, retornou para cumprir o compromisso feito com seu mentor espiritual Moisés. No ano de 1987, surge novamente em Goianésia-GO, o rancho de orações, desta vez com o nome de Fraternidade Espiritualista Universal Mãe Iant, tendo como mentor espiritual pai João de Ruanda, que em espírito veio da continuidade ao trabalho começado anteriormente.

Os propósitos da fraternidade, são os mesmos observados no rancho de orações, cravado ao pé da serra da liberdade. Os seus princípios são universalistas, sem apego a nenhum segmento doutrinário, a não ser, aos ensinamentos do divino mestre que pela verdade, libertou o homem dos dogmas e do egoísmo das castas. A sua bandeira, será erguida tendo como mastro, a caridade pura e desinteressada, na busca de amenizar o sofrimento e a dor daqueles que não encontram entre seus semelhantes, a cura para o corpo, e principalmente a luz para o espírito.

Os tempos mudaram, os homens também mudaram, mas os espíritos que assistiam e orientavam o rancho de orações, são os mesmo que hoje assistem e orientam a Fraternidade Espiritualista Universal Mãe Iant. A cura do homem pelo espírito continua a ser realizada, ainda pela graça e misericórdia do mestre Jesus, que através de seus mensageiros espirituais, continua a nos dizer: “buscai e achareis, batei e a porta se vos abrirá, pedi e recebereis”. Pelo seu próprio merecimento.